O QUE É RITIDOPLASTIA?

Cirurgia Plástica Landecker

A cirurgia de face, ou ritidoplastia, pode melhorar os sinais mais visíveis do envelhecimento por meio da remoção de gordura excessiva, reposicionamento da musculatura subjacente e retirada dos excessos de pele da face e do pescoço. Uma cirurgia bem executada tem como princípio reposicionar os tecidos na sua posição original, evitando uma aparência “esticada” e artificial.

As várias técnicas existentes, repletas de detalhes individuais, são geralmente executadas através de incisões que se iniciam na região das têmporas, descem ao longo das rugas naturais em frente à orelha e continuam por trás da orelha até o couro cabeludo. Em casos de grande flacidez no pescoço, uma pequena incisão pode ser necessária logo abaixo do queixo para tratar a musculatura subjacente.

A extensão das cicatrizes é bastante variável e depende do grau de flacidez presente. A tendência moderna em cirurgia plástica tem sido a redução das cicatrizes quando possível, desde que esta técnica não comprometa o resultado final. Portanto, em pacientes com sinais leves de envelhecimento, a técnica conhecida como “minilifting”, em que não há cicatrizes atrás das orelhas, pode ser indicada. Independente da técnica empregada, as cicatrizes devem ser discretas e praticamente imperceptíveis.

 

Passo a Passo

Cirurgia Plástica Landecker

Inicialmente, o cirurgião separa a pele e gordura da camada de músculos subjacentes. O tratamento desta camada muscular é realizado reposicionando os tecidos na sua posição original e removendo os excessos.

A camada de gordura pode ser delicadamente refinada, principalmente no pescoço, visando realçar o contorno ósseo e os ângulos da face. Finalmente, a pele deve ser acomodada sem tensão excessiva por cima da nova arquitetura facial.

No final da cirurgia, um dreno é normalmente colocado de cada lado da face, visando reduzir o risco de acúmulos de líquido durante a recuperação.

O tratamento da região da testa evoluiu significativamente nos últimos anos com o desenvolvimento de novas técnicas capazes de atenuar as rugas e elevar as sobrancelhas. Atualmente, resultados excelentes têm sido obtidos utilizando incisões reduzidas e principalmente aparelhos de videoendoscopia. Inclusive, estes aparelhos permitem executar o rejuvenescimento da testa através de 3-5 incisões de apenas 1,5 cm localizadas estrategicamente dentro dos cabelos.

Finalmente, a associação de procedimentos complementares como laser, dermoabrasão, aplicação de toxina botulínica e “peeling” podem oferecer refinamentos altamente satisfatórios ao resultado final.

Cirurgia de Face

A cirurgia da face é indicada em pacientes com perda do contorno da mandibula, queda das bochechas e flacidez de pele no pescoço.

Cirurgia de Face

Após reposicionar e fixar os tecidos profundos na sua posição original, o cirurgião deve tracionar a pele na direção demonstrada e remover os excessos cuidadosamente.

Cirurgia de Face

O resultado é uma aparência natural e rejuvenescida, com a grande maioria das cicatrizes escondidas dentro do cabelo acima e atrás das orelhas.

Recuperação

Pacientes submetidos à cirurgia de face devem permanecer em repouso absoluto por sete dias, mantendo a cabeça sempre elevada. Uma sensação de cansaço é esperada neste período, especialmente devido aos medicamentos usados na anestesia. Portanto é importante descansar adequadamente e alimentar-se bem.

O inchaço e o aparecimento de manchas roxas chamadas equimoses são normais após esta cirurgia e tendem a se concentrar na região da mandíbula e ao redor dos olhos e orelhas. O resultado é uma leve distorção na aparência da face e uma sensação de rigidez no local. Isto ocorre graças à grande vascularização local e não significa que algo errado aconteceu durante a cirurgia.

A aplicação de compressas geladas na face e nos olhos durante os primeiros sete dias visa acelerar o processo de reabsorção da maioria do inchaço, que normalmente ocorre em 2-3 semanas. A realização de fisioterapia e o emprego de uma faixa elástica no pescoço podem acelerar ainda mais este processo.

Lembramos que, na maioria dos pacientes, a reabsorção total do inchaço e acomodação final dos tecidos costuma ocorrer após 3-6 meses. Portanto, a apreciação do contorno final só é possível após este período.

A proteção contra os raios solares é fundamental durante o pós-operatório e visa maximizar a qualidade das cicatrizes, acelerar a reabsorção do inchaço e evitar manchas na pele. Portanto, a utilização de filtro solar, chapéu, óculos de sol e lenços deve ser rotineira durante os primeiros meses. A aplicação de hidratantes e maquiagem é permitida após 7 e 14 dias respectivamente. Os pontos são normalmente removidos após 7-14 dias. Em caso de associação com a blefaroplastia, os pontos das pálpebras costumam ser retirados após 3-5 dias.

Exercícios intensos como ginástica aeróbica, corrida e ciclismo podem ser realizados após 1 mês. Esportes de contato, tênis e outros esportes com bola devem ser evitados por 2 meses.

Agenda sua Consulta