Blefaroplastia

Cirurgia Plástica Landecker

O pós-operatório da blefaroplastia requer alguns cuidados específicos para evitar complicações e transtornos. O paciente que se submeter a essa cirurgia precisa obrigatoriamente manter repouso absoluto por dois dias e evitar qualquer tipo de esforço físico por até três semanas.

O cirurgião plástico pode indicar ainda o uso de colírios específicos para evitar sintomas que são comuns no pós-operatório, como lacrimejamento, sensação de queimação e desconforto na região dos olhos.

A proteção dos olhos contra os raios solares, com o uso de óculos de sol apropriado, deve durar por até duas semanas após o procedimento cirúrgico, e pessoas que utilizam lentes de contato devem aguardar o período de 10 dias após a cirurgia para retornar o uso.

É importante ressaltar que a análise dos resultados da blefaroplastia só pode ser realizada pelo paciente após o término do inchaço, pois o mesmo altera a percepção dos resultados finais atingidos pela cirurgia.A blefaroplastia é indicada em casos de pacientes que se sintam desconfortáveis com a aparência das pálpebras, que geralmente começam a ficar flácidas após os 30 anos. Essa cirurgia melhora a aparência das pálpebras inferiores e superiores, rejuvenescendo o aspecto do rosto.

Blefaroplastia: o que é e como é realizada?

Trata-se de uma cirurgia que visa rejuvenescer o aspecto das pálpebras com a retirada de gorduras, flacidez e rugas na região dos olhos. Esse procedimento é realizado com incisões médicas, extremamente delicadas e bem posicionadas, que retiram a gordura e a pele em excesso, tornando o tecido da região mais rígido e marcando o contorno natural dos olhos.

O procedimento cirúrgico é relativamente simples e tem uma duração média de 40 minutos a uma hora e meia, dependendo das técnicas utilizadas pelo profissional e da situação individual do paciente.

Vale salientar ainda que a blefaroplastia pode ser associada a outras cirurgias plásticas que visam a harmonia facial, como a rinoplastia ou, como é mais conhecida, a cirurgia do nariz, que altera o contorno natural da região nasal.

Cirurgia de Pálpebras

A cirurgia das pálpebras é indicada em pacientes com excesso de pele e/ou gordura na região dos olhos.

Cirurgia de Pálpebras

A blefaroplastia remove os excessos de pele e gordura das pálpebras através de incisões cuidadosamente posicionadas. Na pálpebra inferior, o tratamento das bolsas pode ser realizado pela via transconjuntial, sem cicatrizes externas.

Cirurgia de Pálpebras

O resultado é uma aparência rejuvenescida, com maior exposição dos olhos e melhora do contorno local.

Blefaroplastia: recuperação e cuidados no pós-operatório

O pós-operatório da blefaroplastia requer alguns cuidados específicos para evitar complicações e transtornos. O paciente que se submeter a essa cirurgia precisa obrigatoriamente manter repouso absoluto por dois dias e evitar qualquer tipo de esforço físico por até três semanas.

O cirurgião plástico pode indicar ainda o uso de colírios específicos para evitar sintomas que são comuns no pós-operatório, como lacrimejamento, sensação de queimação e desconforto na região dos olhos.

A proteção dos olhos contra os raios solares, com o uso de óculos de sol apropriado, deve durar por até duas semanas após o procedimento cirúrgico, e pessoas que utilizam lentes de contato devem aguardar o período de 10 dias após a cirurgia para retornar o uso.

É importante ressaltar que a análise dos resultados da blefaroplastia só pode ser realizada pelo paciente após o término do inchaço, pois o mesmo altera a percepção dos resultados finais atingidos pela cirurgia.

Blefaroplastia e a importância de escolher um médico especialista

Na blefaroplastia, assim como em qualquer outro procedimento cirúrgico, é muito importante escolher uma clínica de cirurgia plástica competente e um profissional especializado, com experiência na área. Todo cirurgião plástico no Brasil precisa ser, obrigatoriamente, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Antes de escolher o seu médico, analise o currículo do profissional, suas especialidades e experiências com cirurgias plásticas. Se possível, conversar com antigos pacientes e visualizar resultados atingidos podem ser ótimas ações antes da escolha do cirurgião.

Trata-se de um processo trabalhoso, mas que é extremamente necessário para evitar transtornos e frustrações.

Fonte:

Cirurgião plástico Dr. Alan Landecker, (CRM 87043), membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

cta-landecker