DESVIO DE SEPTO

Cirurgia Plástica Landecker

desvio de septo é uma deformidade na estrutura do septo nasal, que é responsável por separar a narina esquerda da direita. Essa deformidade pode ser congênita, desenvolver-se durante a infância ou até mesmo ser consequência de traumas na região nasal.

O desvio de septo acomete cerca de 20% da população brasileira, segundo dados da Academia Brasileira de Rinologia (ABR).

Desvio de septo: principais sintomas

Essa deformidade no nariz pode causar sintomas problemáticos, que dificultam e prejudicam a respiração. Os principais são:

  • Respiração pela boca
  • Ronco
  • Sinusites frequentes
  • Irritação na garganta
  • Boca seca
  • Baixo desempenho em atividades físicas

Vale ressaltar que o correto diagnóstico do desvio de septo é realizado por um médico especialista, como um otorrinolaringologista.

Desvio de septo: quando fazer a cirurgia?

O tratamento do desvio de septo só pode ser realizado por meio de cirurgia. A cirurgia, por sua vez, só é indicada em casos em que o desvio é considerado obstrutivo e causa problemas intensos e frequentes, como sinusites de repetição.

A cirurgia mais comum para o tratamento do desvio é a septoplastia, uma cirurgia relativamente simples, que não deixa cicatrizes e centraliza a estrutura do septo.

Outra cirurgia de nariz que pode corrigir e otimizar as vias aéreas é a rinoplastia, que, por se tratar de uma cirurgia plástica, pode aperfeiçoar a forma natural do nariz e transformá-lo por razões estéticas.

Desvio de septo: rinoplastia estruturada e a otimização das vias aéreas

Existem dois principais tipos de rinoplastia: a estruturada e a redutora. Basicamente, a rinoplastia redutora molda o nariz, removendo quantidades variáveis de cartilagem e ossos.

Já por meio da filosofia estruturada, o médico, além de remover quantidades variáveis de cartilagem e ossos, fortalece a estrutura do nariz com a aplicação de enxertos de cartilagem.

Especialistas afirmam que a filosofia estruturada tem um resultado mais duradouro, por fortalecer a estrutura nasal e, consequentemente, evitar que as alterações naturais nesse órgão impactem o seu formato.

Esse tipo de rinoplastia otimiza as vias aéreas, mantendo o septo no local adequado e proporcionando um resultado mais duradouro no formato do nariz.

Desvio de septo: como escolher um cirurgião plástico?

O desvio de septo é uma deformidade que pode ser tratada por meio de uma cirurgia plástica, que conseguirá sanar a deformidade e, ainda, alterar o formato do nariz, estabelecendo a harmonia facial.

Escolher uma clínica de cirurgia plástica confiável, com um médico especialista, é essencial, principalmente porque a rinoplastia é uma cirurgia complexa e bastante delicada.

Todo cirurgião plástico precisa ser, obrigatoriamente, membro da Associação Brasileira de Cirurgia Plástica. Além disso, para conferir a especificidade do médico, é ideal verificar sua participação em congressos e trabalhos publicados sobre o assunto.

Conhecer resultados de antes e depois de antigos pacientes e, se possível, conversar com algum paciente do médico que já tenha realizado a cirurgia pode ser uma ótima opção na hora da escolha do profissional.

Trata-se de um processo metódico, mas que deve ser realizado para evitar frustrações e complicações com escolhas inadequadas ou precipitadas.

Fonte

Cirurgião Plástico Dr. Alan Landecker (CRM 87043), membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

cta-landecker